26.5.10

tu

Hoje senti as tuas carícias com a tua ausência, morri para sentir as tuas mãos plenas de ternura, senti o teu aroma que regalava paixões e sonhos. Hoje senti o teu desejo e recordei a tristeza da tua ausência. Apaga de mim, tudo o que significa dor que consome todas as minhas esperanças e seca as minhas lágrimas que têm o teu nome. Preciso de deitar a cabeça no teu peito e ouvir o tic tac do teu coração. Preciso de te ouvir pronunciar baixinho o meu nome em doces ecos surdos. Quero adormecer no teu colo e repousar em ti este permanente cansaço. Sei que não posso pedir-te que me ames mas, se não o fizer, nunca mais me perdoou. Nem tu me perdoarias se imaginasses, um dia, que virei as costas a essa esperança. Há tanto que sabemos sem saber… E que eu sei que queres que te pergunte o que sentes, mesmo que te vires e prossigas, sem responder em palavras. Também isso é a resposta. É a resposta dos que ficam mudos perante a ida e o sonho. Ao seguires para o futuro, deixas-me com o mar nas pálpebras, sem o remorso de abafar o que sinto e reprimo. Mas, se ficares – se falares ou calares – mas ficares, ganharei o instante de te ouvir, com os olhos nos olhos – quem sabe, uma mão no rosto – e não mais esquecerei que nesse instante, vivi.

13 comentários:

Pii ♥ disse...

Custa por vezes, mas havemos sempre de ir buscar força a algum lado.

Filipe Reis disse...

como "vivemos" quando percebemos que afinal precisamos de uma metade para viver e quando sabemos que encaixa perfeitamente no molde a que pertence.

gostei do blog.
vou seguir.

beijinho *

diogoc, disse...

ann *-*
então leste o meu texto?

diogoc, disse...

exageras, como sempre :O
o teu sim, está mesmo lindo.

diogoc, disse...

Oh, claro que estás (A)
nem sabes o que dizes, está brutalissimo.

Marie disse...

"É a resposta dos que ficam mudos perante a ida e o sonho. Ao seguires para o futuro, deixas-me com o mar nas pálpebras, sem o remorso de abafar o que sinto e reprimo. " Melhor frase.
Adorei, mesmo! *.*

Daniela disse...

Aiiee MeuAnjo, está tão querido e sentimental *.*
"Preciso de deitar a cabeça no teu peito e ouvir o tic tac do teu coração. Preciso de te ouvir pronunciar baixinho o meu nome em doces ecos surdos. Quero adormecer no teu colo e repousar em ti este permanente cansaço." ADOREI MESMOO
.vou seguir :).

Neuza disse...

gostei bastante do blog, vou seguir :)

vanessa marques . disse...

adorei, (:

Elii disse...

está lindo minha Ana , lindo *.*
vivo cada palavra que exprimes , faz-me bem $:
amo-te <3

[ P.S ] Patrícia Santos disse...

adorei o blog, vou seguir :b

- beijinhoo

Mafalda disse...

Gostei muito do teu blog, vou seguir :)

Mafs disse...

Adorei o teu blog a maneira como expressas cada palavra :')
Vou seguirr :D
A música é linda :$ *